curiosidades dicas

veja Como ajudar o seu cão a superar o estresse

Seu amigo canino é um membro valioso de sua família, e é doloroso ver qualquer membro da família se sentir estressado.

Assim como os seres humanos sofrem de estresse, também faça animais de estimação. O sistema nervoso do seu animal de estimação é suscetível a estressores ambientais e relacionais, assim como o seu. De fato, o estresse é mais comum nos cães do que você pensa. Pior ainda, o estresse pode impactar negativamente a saúde do seu cão.

Os cães podem sentir-se estressados ​​por uma série de razões, incluindo uma nova pessoa em casa, fogos de artifício, tempestades, mudança para uma nova casa, sendo fechado ou em uma caixa, uma visita ao veterinário ou se perder . Além disso, algumas raças são mais suscetíveis ao estresse do que outras.

Reconhecer sinais de estresse é importante, pois seu cão não consegue comunicar seus sentimentos com palavras. Existem vários sinais reveladores de estresse que todo proprietário deve saber. Esses incluem:

  • Excessiva ofegante.
  • Cauda entre as pernas.
  • Lambendo os lábios.
  • Orelhas fixadas de volta.
  • Patas suadas.
  • Tense os músculos.
  • Mordendo a trela.
  • Abanar a cauda.
  • Bocejar.
  • Tiritando (quando não está frio).
  • Pacing.
  • Diarréia, constipação ou outros problemas digestivos.
  • Diminuir o apetite.
  • Isolamento.
  • Aumento do sono.
  • Agressão contra pessoas ou outros animais.

O estresse é ruim para a saúde do seu animal de estimação. Isso enfraquece o sistema imunológico e torna seu animal mais suscetível a doenças. Um cão estressado é mais propensos a desenvolver hipertensão arterial ou doença cardíaca coronária, bem como doenças auto-imunes, diabetes, úlceras, problemas digestivos, perda de memória, tensão muscular e fadiga.

Não importa o quão estressado seu cachorro é, você pode ajudar o seu animal de estimação a lidar com o estresse e superar o problema.

Aqui estão as 10 principais maneiras de ajudar o seu cão a superar o estresse.

1. Evite disparadores

Quando se trata de lidar com um cão estressado, você deve identificar os gatilhos que causam estresse em seu animal de estimação e evitá-los quando necessário. Esta pode ser uma das opções de tratamento mais simples e difíceis.

Alguns gatilhos comuns que podem ser evitados são fogos de artifício, um novo convidado ou música alta.

Por exemplo, se seu cão ficar estressado devido a música alta, então mantenha o volume de música baixo em sua casa. Se você precisa tocar música alta, mantenha a porta fechada e coloque seu animal de estimação em sua zona segura

2. Desensibilização

Desensibilizar seu animal de estimação é outra opção efetiva para reduzir o estresse. Desensibilizar envolve expor o seu animal de estimação a um gatilho em um momento confortável e gradualmente a aumentar os níveis, até que seu cão já não reaja com o medo ou o estresse.

Por exemplo, se seu cão ficar estressado durante uma tempestade, você pode trabalhar para desensibilizar o medo ao tocar sons de uma tempestade em um ambiente de outra forma controlado. Quanto mais seu animal de estimação estiver exposto ao gatilho, mais cedo ele superará o medo.

Se o seu animal de estimação teme ir ao parque de cães e encontrar outros cães, envie-o lentamente a outro cachorro, convidando um amigo a entrar em sua casa com seu cachorro. Quando seu animal de estimação vai passar algum tempo com outros animais de estimação e pessoas, o medo de encontrar novos cães ou pessoas vai desaparecer.

3. Construir confiança

Ajude o seu cão a criar confiança com você, pois ajudará a reduzir seu nível de estresse.

O contato físico ajuda os humanos e os cães a aliviar a ansiedade , o medo e o estresse, então tente acariciar seu cachorro ou se sentar perto dele sempre que seu cachorro pareça estressado.

Quanto mais tempo você passar com o seu cão, mais oportunidades você dá ao seu animal de estimação para criar confiança. Ele também ajuda a desenvolver uma compreensão mútua e um vínculo entre si.

Além disso, permita que seu cão interaja com você ou com outros na casa em seus próprios termos para criar confiança. Não apressar ou forçar um nível de interação que faça o seu cão ficar desconfortável.

4. Exercício

O exercício é bom para um cão que sofre de estresse. Às vezes, o estresse pode ser devido à inatividade e pode ser aliviado ao envolver seu animal de estimação em atividades físicas.

Não precisa ser uma atividade extenuante. Você pode levar seu animal de estimação para uma caminhada nas proximidades e permitir que ele explore novas áreas. Walking ajudará o seu cão a gastar energia armazenada e libertar alguns hormônios sensatos, o que, por sua vez, o ajudará a se acalmar.

Além disso, brinque com seu cachorro regularmente. Quanto mais tempo você passar com seu cachorro, mais seguro ele sentirá.

5. Reproduzir música

Assim como a música é calmante para os seres humanos, seu cão estressado também pode se beneficiar com a música. No entanto, música alta como rock, heavy metal e jazz pode desencadear estresse em cães.

Para manter seu cão calmo e feliz, toque música suave e clássica.

Você também pode tocar música especificamente desenvolvida para animais de estimação. Essa música é útil quando seu cão sofre de ansiedade de separação. Mantenha a música tocando enquanto você está longe de seu animal de estimação, para que seu amigo canino possa lidar melhor com a separação.

6. Criar uma zona segura

Não importa quão grande ou pequena seja sua casa, separe uma área em sua casa para o seu cão . Este será um lugar onde seu animal de estimação pode se retirar quando forçado.

Assim como os seres humanos, os animais de estimação adotam a sensação de ter seu próprio lugar onde eles podem se sentir seguros de qualquer intrusão ou situações estressantes.

Certifique-se de que a área esteja limpa e amigável para cães. Você pode colocar um cobertor especial para baixo para o seu cão ou um brinquedo favorito para ele brincar.

Visite seu cão na zona segura, pois sua presença pode fazer uma grande diferença durante uma situação estressante.

7. Promover a independência

Para ajudar seu cão a lidar com o estresse, você deve desencorajar a necessidade. Isso pode ser feito promovendo gradualmente a independência.

Por exemplo, introduza novas atividades e brinquedos e ensine seu cão a se estabelecer e se envolver em atividades sem você. Não há necessidade de seu cão andar em torno de você. Você amigo canino deve aprender a manter-se envolvido, mesmo que não haja ninguém ao seu redor.

Se necessário, instale portas de bebê em toda a casa, para que você possa se mover de um quarto para outro sem que seu cachorro possa sempre seguir. Isso treinará seu cão para manter a calma quando você não estiver perto e lidar com a separação melhor.

8. Terapia do toque

Terapia do toque é uma das melhores maneiras que você pode usar para ajudar a aliviar o stress do seu cão. O toque é reconfortante para os cães e aumenta seu nível de confiança.

Uma boa massagem para ajudar a acalmar . Você também pode massagear seu cão para ajudá-lo a se sentir relaxado.

Recompense seu cão com um deleite e o elogie quando ele responde positivamente aos seus esforços. Mas não importa o que, não punir seu cão se ele não responde bem. Isso só irá piorar a situação e torná-lo mais estressado.

Sobre o autor | Website

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: